Twitter response:
Bom para Criança

Tag: TV

Umizoomi | 3+

Um bicho de sete cabeças para muitas pessoas, aprender matemática pode ser muito gostoso e divertido! A série de animação Umizoomi traduz em uma linguagem lúdica e focada nas crianças em idade pré-escolar conceitos temidos por muitos adultos, como problemas envolvendo medidas, formas geométricas e contas simples de álgebra.

property-header-team-umizoomi-desktop-portrait-2x

A série de animação Umizoomi, produzida pelo Nickelodeon, é um bom exemplo de como trabalhar com conceitos educativos de forma lúdica e sem deixar de lado o entretenimento. As histórias dos episódios giram em torno da matemática, e introduzem de forma leve um conhecimento temido por muitos adultos, mas que pode ser facilmente apreendido pelas crianças.

Os protagonistas da série são Milli, Geo e Bot, três super heróis que formam a Equipe Umizoomi, e cada um deles tem um tipo de poder matemático e estão dispostos e a trabalharem juntos para resolverem os problemas das crianças da Umi Cidade.

Milli é uma menina com o “Poder do Desenho” e o “Poder da Medida”, que a permite mudar as cores de seu vestido, tirar desenhos e completar imagens. Irmão mais novo de Milli, Geo possui o “Poder da Figura”, que fazem com que ele tire formas geométricas de seu cinto mágico para criar objetos utilizados nas missões. E o Bot é um robô amigo de Milli e Geo, que possui em sua barriga uma tela chamada de “Tele-Tele-Barriguinha”, onde os personagens pedem ajuda para outras crianças da Umi Cidade. Ele também é capaz de esticar seus braços e tirar coisas uteis de dentro do seu corpo.

Em uma lógica de narrativa interativa, próximo aos roteiros de Dora, a Aventureira, Umizoomi estimula os telespectadores a responderem às perguntas e solucionarem junto com os personagens os problemas levantados nos episódios, alguns normais e outros fantásticos que envolvem soluções utilizando formas geométricas, lógica matemática, medidas e contas de álgebra. Para quem não conhece, vale a pena assistir com o seu filho e observar como ele reaje às histórias!

Sobre a animação

Umizoomi é uma série de animação musical focada no público pré-escolar e produzida pela Nickelodeon Animation Studios. Ela mistura animaçãoo 3D, elementos de animação em flash e imagens gravadas. No Brasil, a série é transmitida pela Nick Jr. e pela TV Cultura, no programa Quintal da Cultura. Além de disponível no catálogo do Netflix.

Umizoomi

Público-alvo: 3+ | Crianças em idade pré escolar
Série de animação: 4 temporadas | 78 episódios x 24 minutos
Exibição: TV Cultura no programa Quintal da Cultura, Nick Jr. e Netflix

Para conversar com as crianças

  • Milli, Geo e Bot tem cada uma habilidade diferente. Será que o seu filho consegue te contar que super poder cada um dos personagens tem? E o que eles fazem com este super poder?
  • Umizoomi também mostra muitas brincadeiras com cores e formas que estão presentes nas situações cotidianas da nossa vida. Que tal a gente observar as formas que estão ao nosso redor?
  • Para crianças maiores, os pais também podem mostrar como a matemática ajuda a resolver problemas no dia a dia. Onde podemos ver números? Ao ligar para um número no telefone, apertar o andar no elevador, ao fazer uma conta e receber o troco…

por Silvia Dalben

Buuu – Um chamado para a aventura | 6+

Nessa série, os fantasmas não querem fazer medo nas crianças. Eles querem é convidá-las a participar de uma missão científica no Instituto Butantan, e juntos eles vão viver uma grande aventura e descobrir um segredo milenar.

capa

As férias estão só começando e os pais de Carlinhos e Casca decidem levá-los para passear no Instituto Butantan, onde eles encontram as amigas Isadora e Chica. Na visita, eles se deparam com o fantasma do avô de Carlinhos e Casca, que se chama Reginaldo e é amigo de outros três pesquisadores famosos brasileiros: Carlos Chagas, Vital Brasil e Paul Ehrlich.

O fantasma desses quatro pesquisadores fazem parte de uma sociedade secreta, a Serum Immunitas, e ao se encontrarem com as crianças, pedem ajuda para que juntos eles consigam cumprir uma importante missão: descobrir em uma pirâmide subterrânea enterrada no Instituto Butantan os elementos que compõem o Soro da Imunidade.

Com tempo de sobra por causa das férias, Carlinhos, Casca, Isadora e Chica embarcam nessa aventura e descobrem a pirâmide na parte externa do Instituto, onde terão acesso para um túnel interligado que dá acesso a outros lugares do mundo onde pesquisadores famosos também tentaram descobrir a fórmula secreta do Soro da Imunidade, como Leonardo da Vinci.

A cada episódio, a geek Chica ajuda seus amigos com dicas que encontra navegando na internet em seu tablet. E as crianças entram e saem do túnel, sempre descobrindo coisas novas e fazendo consultas aos pesquisadores fantasmas do instituto.

Nessa aventura, eles ainda acabam conhecendo outros personagens, como o gorila azul Simi, que sempre ajuda as crianças, e a zumbi Kiki, que como toda adolescente, quer contrariar os pais e não se alimenta de pessoas.

Veja entrevista com Paula Taborda, gerente de programação do Gloob

Sobre a série

Buuu – Um chamado para a aventura é uma série de animação produzida no Brasil pelo canal de TV a cabo Gloob e pela produtora Casablanca. A primeira temporada estreou em março de 2015 e conta com 25 episódios de 24 minutos, exibidos diariamente no canal, o programa com maior audiência do Gloob este ano.

Buuu é uma série em live action filmada no Instituto Butantan e nos estúdios da Casablanca. Conta ainda com animação 3D, stopmotion, chroma key, bonecos e maquetes, misturando várias técnicas de efeitos visuais. Foi filmada com câmeras 4K e tem algumas cenas com drone.

Buuu – Um chamado para a aventura

Público-alvo: Crianças entre 6 e 9 anos
A primeira temporada da série com 25 episódios de 24 minutos estreou em março de 2015 e a segunda temporada está sendo gravada.
Onde passa: De segunda a sexta-feira às 16h30 no Gloob | Também disponível em VOD no Net Now e na Globosat Play.

Para conversar com as crianças

  • Um dos pontos interessantes da série Buuu é a possibilidade de divulgação científica entre as crianças, contando um pouco da história de grandes pesquisadores brasileiros. É legal aproveitar essas inserções da série para conversar com os seus filhos sobre o que é ciências, o que os cientistas fazem, e se eles também não querem fazer alguma pesquisa e descobrir alguma coisa nova.
  • É legal também conversar com as crianças sobre a amizade e a importância do trabalho em equipe. Para vencer os desafios, Carlinhos, Casca, Isadora e Chica precisam de contar com a ajuda um dos outros, e se tornam grandes amigos. E seu filho: quem são os amigos que ele gostaria de convidar para uma missão científica como essa? Quem são os amigos que ele gostaria de viver juntos uma aventura?

por Silvia Dalben

Mouk | 3+

Viajar é muito bom, não é? Nesta série de animação francesa, dois pequenos personagens super fofinhos viajam para vários lugares lindos do mundo a bordo de suas bicicletas, e apresentam para as crianças várias paisagens, costumes, curiosidades, sempre conhecendo novas pessoas e fazendo amizades em todos os lugares.

15832-series-header

Mouk é uma série de animação francesa protagonizada por dois personagens super fofinhos – o Mouk e o Chavapa – que gostam de viajar pelo mundo a bordo de uma bicicleta e descobrindo muitas coisas novas, além de sempre fazerem novas amizades por onde passam.

Cada episódio começa com Mouk e Chavapa em algum lugar ao redor do mundo conversando pela internet com seus outros dois amigos, Popo e Mita, que ficaram em casa, e eles apresentam o lugar onde estão e todas as coisas que estão descobrindo.

É bom lembrar que a bicicleta é um ícone da cultura francesa, muito conhecida pelo Tour de France e por várias rotas para viajantes a bordo da “magrela”.

A cada episódio, Mouk e Chavapa apresentam as particularidades de um determinado lugar no mundo, com suas paisagens, suas características de vegetação e clima, seus personagens e ícones da cultura. O desenho animado também estimula as crianças a serem curiosas, sociáveis, estimulando-as a se aventurarem s sempre descobrirem coisas novas.

Um dos pontos que mais se destacam nesta série é a narrativa, que busca passar uma mensagem super positiva para as crianças, mostrando que apesar das diferenças de costumes e culturas dos diversos povos e países do mundo, todos são iguais, inclusive os animais.

Sobre a animação

Mouk é uma série de animação produzida pela Milimages, uma produtora audiovisual francesa de destaque na produção de várias séries de TV e longas-metragens e uma vasta experiência com conteúdos infanto-juvenis.

A série foi lançada em 2011 e conta com duas temporadas e 104 episódios produzidos, tendo os personagens viajado para países como os Estados Unidos, Marrocos, Austrália, Madagascar, Canadá, Egito, Argentina, Finlândia, Grécia, Venezuela, Índia, Vietnã, China, Japão, Senegal, Algéria.

E o Brasil também foi um dos destinos escolhidos! No episódio Goal da primeira temporada, Mouk e Chavapa conhecem uma garotinha apaixonada por futebol em uma visita ao Rio de Janeiro e um passeio bem gostoso à praia.

MOUK
Público-alvo: 3+ | Crianças em idade pré-escolar
Lançamento: 2011 | 2 temporadas e 104 episódios
Onde passa: Netflix | A série estreou no canal France 5 e no Disney Junior no Reino Unido, entre outras emissoras ao redor do mundo

Para conversar com as crianças

  • Na hora de assistir a esta série de animação junto com a sua criança, é legal estimular ainda mais a sua curiosidade, observando como elas percebem as diferentes características geográficas apresentadas e trazendo novos elementos para as crianças compreenderem melhor o que é apresentado na televisão.
  • Um dos exemplos é observar as diferentes paisagens, clima e vegetação dos países visitados por Mouk e Chavapa, como a neve, a floresta, a praia. Como nossos filhos percebem isso e como eles reagem a essas diferentes paisagens? O que eles aprendem? Será que eles já conseguem distinguir o onde está frio e onde está calor?
  • Um outro ponto muito interessante desta série é o estímulo a fazer novas amizades. A cada episódio, Mouk e Chavapa conhecem várias pessoas novas e são apresentados para culturas diferentes. O que será que nossos filhos podem tirar desta experiência? O Mouk fez um novo amigo? E o que eles gostam de fazer juntos? Eles gostam de brincar? Eles gostam de viajar?

por Silvia Dalben

Bubble Guppies | 2+

No fundo do mar, em uma cidade chamada Bubbletucky, seis crianças sereias chamadas Bubble Guppies se divertem descobrindo um mundo de coisas novas sempre com a ajuda do Sr. Garoupa, um divertido e falante peixe laranja que é o professor dessa turminha.

Bubbleguppies-L-1920x1080_RGB

Os Bubble Guppies são um grupo de seis amigos – Gil, Molly, Oona, Golbie, Nonny, Deema – que vivem no fundo do mar, em uma cidade chamada Bubbletucky, e se divertem muito juntos, conversando com vários animais marinhos e também com o seu cãozinho de estimação, o Bubble Puppy.

As histórias sempre incluem atividades, músicas e uma pitada de humor, numa narrativa positiva que estimula as crianças a aprenderem coisas novas. Cada personagem possui sua própria personalidade e seu jeito único de descobrir as coisas. Gil é o mais desastrado. Molly é cuidadosa, solidária e a líder do grupo. E Nonny se destaca por não estar sorrindo o tempo todo, como seus amigos, é mais tímido, introvertido e muito inteligente.

Cada episódio trata de temas variados sobre ciências, matemática, música, sistema solar, alfabetização, sempre de uma maneira lúdica e divertida, com uma abordagem apropriada para crianças em idade pré-escolar. Muitas dessas temáticas são trabalhadas dentro da escola, onde o Sr. Garoupa, um falante peixe laranja que é o professor dessa turminha, conta histórias e explica sobre alguns assuntos, mas sempre com uma abordagem colaborativa e instigando os Bubble Guppies a explorar o mundo onde eles vivem, estimulando o raciocínio, a curiosidade, os questionamentos infantis.

É interessante destacar que, em algumas situações, o Sr. Garoupa também não sabe a resposta de alguma pergunta, dúvida ou problema apresentado pelos Bubble Guppies, reforçando a ideia de que nem sempre o professor tem a resposta para tudo. Nessas situações, ele estimulando as crianças a descobrirem juntas a resposta da pergunta ou solução para o problema.

Vale a pena conhecer essa turminha e em pouco tempo seu filho estará se divertindo, interagindo com os personagens, cantando e dançando as músicas.

Sobre os Bubble Guppies

Esta série de animação é produzida pela mesma equipe por trás dos Backyardigans e inclusive foi inspirada em um dos episódios dessa série, “Uma Viagem Vicking”, em que Tasha é uma sereia.

Os episódios de Bubble Guppies possuem uma narrativa interativa (mesmo estilo de Dora, a aventureira) que estimula as crianças a responderem as perguntas e participarem ativamente da história contada pelos personagens.

A série se destaca ainda pela qualidade estética da animação, as cores super vivas dos personagens e dos cenários, e a trilha-sonora pop-rock bem animada e contemporânea.

BUBBLE GUPPIES
Público-alvo: 2+ | Crianças em idade pré-escolar
Lançamento: 2011 | Está na 4ª temporada
Duração do episódio: 25 minutos
Onde passa: Nick Jr. às 16h30 | TV Cultura às 9h15 (Quintal da Cultura)

Para conversar com as crianças

  • Um dos temas abordados pela série que pode ser abordado pelos pais é a amizade, para estimular a sociabilização, principalmente das crianças menores que estão descobrindo como é bom fazer e ter amigos. Os Bubble Guppies são amigos? O que eles gostam de fazer juntos?
  • Em cada episódios, os Bubble Guppies tem um desafio para vencerem juntos. E a narrativa interativa estimula os espectadores a também participarem da história e ajudarem a solucionar o problema. O que os Bubble Guppies descobriram neste episódio? Eles tiveram que vencer algum problema? Você conseguiu ajudá-los a encontrar a resposta?
  • Um dos cenários muito explorados pela série é a escola, estimulando uma relação positiva e colaborativa entre colegas e professor. Os Bubble Guppies gostam de ir para a escola? O que eles fazem lá? Quem é o professor deles? O que o Sr. Garoupa ensina para eles?

por Silvia Dalben